Cabinda: Garantida melhoria de condições de trabalho dos funcionários do tribunal provincial de Cabinda

⇧Clicar para alargar
Cabinda - O ministro da Justiça, Rui Mangueira, garantiu a melhoraria das condições de trabalho dos funcionários do tribunal provincial de Cabinda, com a instalação dos seus serviços no edifício das AAA, a partir do final do próximo mês. , Esta garantia foi dada quinta-feira, nesta cidade, no final da visita de algumas horas do ministro da Justiça a Cabinda, onde constatou o funcionamento dos órgãos de justiça na província.   Rui Mangueira disse ainda que a criação destas condições de trabalho para o tribunal vai contribuir para a celeridade dos processos.   O ministro disse ter mantido um encontro bastante importante com os órgãos que intervêm na administração da justiça, que fizeram uma excelente apreciação sobre a situação do sector, sobretudo no plano da criminalidade a nível da província.    Disse se ter percebido que existe uma grande preocupação com a população prisional e também a ligação que existe com a imigração ilegal, e que no plano institucional os órgãos tem estado a trabalhar em plena coordenação.   Considerou o encontro com os funcionários da justiça bastante profícuo, em que se levantaram de forma franca e aberta algumas preocupações sobre a situação jurídico-laboral e das promoções e que mereceram devidos esclarecimentos.   “Para o ministro da justiça, deu uma explicação bastante detalhada para estes assuntos na medida em que a legislação é bastante clara sobre isso, os funcionários foram esclarecidos naquilo que diz respeito com base a lei seja ao que diz respeito ao decreto nº 91/04 que estabelece as regras para a progressão na carreira dos oficiais de justiça e também as regras do orçamento geral do estado e eles ficaram bastante esclarecidos”, afirmou o ministro.   Durante a sua estada o ministro visitou a delegação provincial da justiça, o posto de massificação do registo e emissão do bilhete de identidade na comuna do Tando Zinze, o Balcão Único de Empreendedor (BUE) e o edifício das AAA.   Angop/ing/vmc Nnnn   ,
Categoria: