Novo teste de febre-amarela na urina reduz resultados falsos

⇧Clicar para alargar
Uma pesquisa conduzida pelo Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo conseguiu detectar o vírus da febre-amarela na urina e sémen de um paciente cerca de um mês após a contaminação
Categoria: